segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Almoço de sábado no Restaurante do Gugu

Há alguns anos frequento o Restaurante do Gugu com a minha família. Localizado no bairro Sambaqui, em uma ruazinha um tanto quanto escondida, o restaurante de frutos do mar servidos de forma simples, já ilustrou as páginas do Guia Quatro Rodas (3 anos consecutivos) e recebeu indicação da Veja Comer & Beber SC.

Há mais de 22 anos funcionando no mesmo endereço, o Gugu oferece exatamente o que o manezinho da ilha quer: camarão ao bafo, frito, bolinho de siri, tainha etc. Começou com apenas seis mesas e um balcão e ao longo dos anos o lugar se transformou e atualmente suporta até 80 pessoas. Um dos pontos positivos, além do cardápio com preços justos, é o estacionamento próprio e a estrutura e decoração do restaurante. Quem presta atenção percebe que há uma casinha dentro de outra, com telhado e tudo. Na parede e no teto, objetos que ilustram a vida na Ilha e o dia-a-dia dos pescadores, além de belos quadros coloridos produzidos por artistas locais.




Era um sábado de setembro e sabemos que os restaurantes de frutos do mar costumam ter clientela. No Gugu não foi diferente, apesar de não estar lotado. Porém, como era um pouquinho mais tarde, o maioria do pessoal estava de saída.

Escolhemos uma mesa e recebemos o cardápio. Passados 15 minutos fizemos os pedidos de bebidas: suco  natural de laranja para o irmão, água e cerveja para mim e meus pais. Nossas bebidas custaram a chegar e minha boca estava seca... Lembramos o atendente e depois de mais 15 minutos recebemos as bebidas e fizemos nossos pedidos. Como entrada pedimos camarão ao alho e óleo bem torradinhos (R$28). Como estávamos em quatro, pedimos dois pratos. Minha mãe escolheu o primeiro prato, anchova escalada (R$35) e eu o segundo, filé de côngrio grelhado (R$35).




Nunca esperamos tanto em um restaurante de frutos do mar... Reparamos que o mesmo que atendia os cliente e retirava os pedidos, era aquele que produzia as bebidas, levava nas mesas e também que ficava no caixa. Acho que o restaurante não estava esperando a movimentação, mas, mesmo assim, aonde já se viu ter apenas uma pessoa trabalhando?

Depois de meia hora esperando pelo aperitivo, reclamamos com o atendente. Vi que nosso prato de camarão estava pronto, pousado no passa-prato entre cozinha-restaurante aguardando ser levado à mesa. Sem brincadeira, os camarões ficaram lá parados mais de 10 minutos! Quem come camarão ao alho e óleo sabe que ele precisa ser comido quentinho. Depois de tentar chamar, abanar, olhar feio, estava quase me levantando e trazendo o prato com minhas próprias mãos, até que recebemos os camarões. Como se pode imaginar, chegaram mornos. Como a fome era tamanha e não queríamos correr o risco de esperar mais ainda, comemos e depois reclamamos que estava frio. Cabe mencionar o mérito de estarem bem preparados e do jeito que pedimos, torradinhos, porém a temperatura mudou bastante o nosso paladar.




Mais uma eternidade de espera e chegaram nossos pratos, acompanhados de pirão (R$6,50), arroz (R$5), salada (R$5) e batata sauté (R$6).




O pirão deles é sensacional, muito bom mesmo. O peixe escalado estava bom, mas o melhor do dia com certeza foi o côngrio. O peixe estava tostadinho, sequinho por fora e úmido por dentro, delicioso. É minha dica caso alguém vá almoçar ou jantar no Gugu.

Fiquei chateada pelo almoço com atendimento tão pecaminoso. Deixo aqui registrado que isso pode ter sido um fato isolado... Quem sabe? Em tantas outras vezes que almoçamos no restaurante não tivemos nenhum problema no quesito atendimento.


Ambiente: ♥♥♥
Atendimento: ♥
Higiene: ♥♥♥♥♥
Preço: $$$
Sabor: ♥♥♥♥♥


Restaurante do Gugu
Endereço: Rua Antônio Dias Carneiro, 147 - Sambaqui. Florianópolis/SC
Telefone: (48) 3335-0288
Horário de funcionamento: Novembro a março: todos os dias das 11:30h/17h e 18h/23:30h. Terça a sexta das 11:30h/15h e 18/23h. Sábado e domingo das 11:30/17h e 18h/23:30. Segunda apenas jantar.
Aceita cartão: Sim
Estacionamento: Sim

12 comentários:

  1. Hummmm amo uma camarão alho e oléo. Já fui nesse restaurante quando era menor também...mtas delicinhas.

    ResponderExcluir
  2. É chato quando esse tipo de problema acontece né? Mas talvez foi um fato isolado mesmo :D
    Pri, tu és uma malvada pois sabes que nós adoraaaamos pirão de camarão hahaha!!
    A comida está com uma cara ótima, meu estômago deu votas!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bea!
      Chatíssimo, ainda mais que eu estava com a minha família e mortos de fome. Mas, vale ressaltar que já estivemos lá muitas vezes e sempre fomos bem atendidos. Espero que o restaurante esteja preparado para o movimento do verão...
      Ias amar esse pirão perfeito! Hhahaha Olha, o meu também deu quando revi a foto na hora do almoço...

      Bjs

      Excluir
    2. Não é fato isolado não. É muito irritante a demora no atendimento neste restaurante.

      Excluir
  3. Pareceu bem legal mesmo, hein?! E achei os preços bem coerentes!
    Só que claro, péssimo isso de deixarem vocês esperando!! Mas talvez tenha sido uma situação atípica, já que você mesma disse que vai lá várias vezes e não ocorre isso.
    Tu se apresentou como dona desse blog depois?
    Beijo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostoso e com preços bons, é isso mesmo.
      Lara, dessa vez não. Foi bem difícil o contato com quem nos atendeu...
      Bjs

      Excluir
  4. Rafael Guenka Prudência5 de novembro de 2012 21:17

    Oi pri, ontem fui la no Gugu de novo. E desta vez o atendimento foi melhor e mais rápido, como era feriadão acho que estavam mais preparados..

    Pedimos 2 pratos: Filé de Linguado ao Molho de Camarão
    Filé de Pescada à Milanesa
    + pirão + arroz + fritas

    Tava ótimo, muito gostoso e um preço justo!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, que bom! Tivemos azar mesmo naquela tarde, pelo visto.
      Obrigada pelo comentário, maninho.
      Bjs

      Excluir
  5. Também não achei os preços abusivos, como alguns lugares que se encontram por aí. Pena o atendimento. Como vocês já conheciam e tinham tido boas experiências antes, fica mais fácil "perdoar", mas para quem fosse pela primeira vez, provavelmente não voltaria mais. Marcos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Marcos. Mas, meu irmão informou no comentário acima que retornou ao restaurante nessa semana e foi tudo maravilhoso. Bom saber, né?

      Excluir
  6. Gostei muito do post! Parabéns!
    Agora pra quem aprecia um chopp claro ou escuro, cremoso e feito de maneira artesanal, precisa conhecer o da Cervejaria Kremer! Acesse o site do chopp kremer e saiba mais sobre como disponibilizar este delicioso chopp aos seus clientes ou em sua festa ou evento! Recomendo! http://www.choppkremer.com.br

    ResponderExcluir