sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Spice Garden: Tem restaurante indiano em Floripa!

Sexta-feira passada, Claudio e eu combinamos de depois do meu curso irmos jantar em um lugar diferente que até então não tínhamos ido. Apesar de saber de sua existência, nunca tinha jantado no Spice Garden, único restaurante indiano de Santa Catarina. 

O restaurante localizado às margens da SC-401, sentido Centro-praias, em frente ao post BR (outro lado da SC), tem área para estacionamento próprio e uma cascata como convite para entrar.




Existem algumas mesas na área externa, mas como estava chovendo fomos logo para o salão principal. Como era de se esperar, cores fortes e objetos indianos na decoração, como tecidos bordados, fotografias da Índia e muitos elefantes, animal considerado sagrado pelos indianos. Acho apenas que se fossem colocados tecidos no teto ficaria ainda mais charmoso.




Ao som de músicas indianas animadas, fomos recepcionados pelo atendente e recebemos o cardápio. Na dúvida do que beber, mas sabendo que não poderia me adentrar muito no mundo alcoólico, já que teria aula em pleno sábado de manhã, optei por uma taça de vinho tinto acompanhada de água sem gás (R$3,50). Não quis acompanhar Claudio no chopp Strauss, pois sabia que não conseguiria ficar apenas no primeiro.




A Strauss Bier de Criciúma, cervejaria fundada em 2006, atende a todo o Estado, principalmente às demandas da capital. Nós dois gostamos muito do chopp pilsen da marca, cremoso e refrescante.

A proprietária Joana Simas Silva passou em nossa mesa para apresentar a casa. Joana é esposa do chefe que comanda o Spice Garden, o indiano Faez Shamim. Diretamente da Índia e da Ilha da Magia, o casal se conheceu nos Estados Unidos e fez de Floripa o seu sonho e ganha-pão, com a construção do, até então, único restaurante indiano da região.

Como nenhum de nós dois nunca tinha ido a um restaurante indiano e tudo era novidade, acatamos a sugestão de entrada apresentada por Joana, o House Special Platter, uma combinação de várias entradas do cardápio (R$22).




Enquanto eu cantava abestadamente, tentando imitar as palavras emitidas pela cantora indiana, nossos aperitivos chegaram. Os salgados eram servidos em um prato fundo e surpreendeu na quantidade. Um dos itens é o Naan, pão com massa fina preparado no forno indiano tandoor - de forma cilíndrica e oco, feito de argila, aquecido a partir de carvão ou madeira. O naan é gostoso e leve e sua aparência lembra o pão sírio, mas de textura e sabor não tem nada de parecido. Assado com alho e ervas, comemos com os molhos de iogurte com hortelã e outro de gengibre com manga.

O mix de vegetais empanados (berinjela, cebola, pimentão e abobrinha) é bastante apimentado. Dei a primeira mordida em uma rodela de berinjela e não esperava, fui pega de surpresa. Gostamos da cebola, pois seu adocicado quebrava um pouco a ardência na língua.

Mesmo gostando de tudo que provei, o meu favorito foi a samosa. Vieram duas, uma de vegetais e outra de carne. A de carne merece cinco estrelas, preparada com bastante curry e ervilhas.




Advertidos, sabíamos que os pratos indianos são bastante condimentados, com uso frequente de curry (mistura de especiarias, como coentro, açafrão, cardamomo, gengibre, cominho e assim vai) e outros temperos. Fiquei interessada em mais de três pratos, mas como tinha que escolher um só (os pratos são individuais), fui de Chicken Tikka Masala: Frango feito na panela, coberto com molho de tomate, curry e manteiga (R$36). A informação que recebi é que não era uma prato forte, fácil de comer. Foi mesmo o que achei. Delicioso! Fiquei satisfeita com a minha escolha, pois gosto de pimenta, mas nada além do gostar, e sempre me dei bem com curry e gengibre. Especiarias não apenas na carne, como também no delicioso arroz. O arroz é preparado de forna diferente, coado e com cravo e coentro.






Alguns pratos, com o Chicken Curry escolhido pelo Claudio podem ser preparados conforme o cliente pede: fraco, médio ou forte. Joana mencionou que o "médio" é para quem gosta de pimenta, já o "forte" para quem gosta muitíssimo. Como o namorado adora uma pimentinha, pediu o prato feito com frango e curry (cebola, alho, gengibre, iogurte e especiarias indianas) no nível médio (R$36). Nossa! Eu eu dei uma garfada e me afoguei. Sabem o que eu to falando? Imediatamente dei um gole de vinho e piorou, ahah. O jeito foi dar uns golinhos no chopp. No início Claudio estava comendo normalmente, mas depois já estava todo vermelho, suando, com os olhos arregalados, até o momento que confessou que estava achando bastante apimentado. A tática utilizada foi deixar de lado o molho e comer a o frango com o arroz delicioso. Além disso, ele colocou um pouquinho do molho de iogurte com menta no prato e deu uma amenizada. O namorado gostou de sua escolha, mas sabe que na próxima ida ao restaurante irá pedir o nível fraco.




Aqui fica registrado o aviso amigo: O nível "médio" é para quem gosta muito mesmo de pimenta.

Foi um jantar super divertido. Rimos a noite toda, principalmente pelas nossas tentativas com a pimenta. Cada garfada era uma gargalhada! Acho que essa é a reação que devemos ter mesmo quando experimentamos algo novo. Tudo era motivo para comentário ou indagação...

Claudio comeu tudo e eu cheguei até a metade do prato. Nada a ver com o sabor, porque adorei, mas por ter comido bastante os itens da entrada - que sobrou também. Mas, para baixar a comida pedi um chai (R$5), chá indiano com canela, cravo, cardamomo e leite. O chai vem à mesa em um bule abastecido. Aparência de café com gosto de chá, foi essa a minha impressão. Coloquei um pacotinho de açúcar e achei bom. Foi perfeito para dar uma quebrada no calor forte das especiarias e pimentas - Claudio que o diga.




Depois de conferir, indico o Spice Garden como uma experiência inusitada, um programa diferente para casais e amigos. Saia da rotina e tire suas próprias conclusões.


Ambiente: ♥♥♥
Atendimento: ♥♥♥♥♥
Higiene: ♥♥♥♥♥
Preço: $$$
Sabor: ♥♥♥♥


Endereço: Rodovia SC-401, 7500 - Santo Antônio de Lisboa. Florianópolis/SC.
Telefone: (48) 3238-2170
Horário de funcionamento: De quarta a quinta das 19h às 23h. Sexta e sábado das 19h às 24h. Domingo das 12h às 16h.
Aceita cartão: Sim
Estacionamento: Sim

8 comentários:

  1. Gostei muito do post! Parabéns!
    Agora pra quem aprecia um chopp claro ou escuro, cremoso e feito de maneira artesanal, precisa conhecer o da Cervejaria Kremer! Acesse o site do chopp kremer e saiba mais sobre como disponibilizar este delicioso chopp aos seus clientes ou em sua festa ou evento! Recomendo! http://www.choppkremer.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oba, adorei o post! Tenho muita vontade de conhecer o Spice Garden.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom!! Aceitamos outras dicas de lugares para visitarmos. Bjs

      Excluir
  3. Você também gostou da Samosa! Nossa impressão foi mais ou menos a mesma, vale a experiência. Pedimos o nível 1 de pimenta, não fez nem cócegas, na próxima queremos avançar...hehe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a samosa, muito gostosa. Oha, eu pretendo continuar no mais fraco... hahaha. bjs

      Excluir
  4. Boa noite, adorei a matéria e tenho muita vontade de conhecer o lugar. Gostaria de fazer uma correção, o curry não é um tempero e sim uma variação de "ensopados" indianos. O curry que conhecemos se chama na verdade masala, que nada mais é que um mix de temperos e especiarias.

    ResponderExcluir