sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Jantar harmonizado na Cantina Sangiovese

Recebemos um convite super especial para uma noite de degustação, com jantar harmonizado com vinhos, na Cantina Sangiovese.

O restaurante, apesar de localizado em Santo Antônio de Lisboa, foge do que estamos acostumados a encontrar por lá, como estabelecimentos na beira da praia especializados em frutos do mar. A Cantina está posicionada na rua Padre Lourenço Rodrigues de Andrade, primeira rua assim que se entra no bairro. O diferencial está em tudo. Em uma enorme área com jardim, está o casarão e a fonte da década de 20, todo restaurado e colorido, e um amplo estacionamento gratuito aos clientes.

Seu nome está associado à uva Sangiovese, de origem Toscana (Itália). Tal uva é a base para os grandes vinhos toscanos. A Cantina Sangiovese busca ser um pedacinho da sua região inspiradora, Toscana. O chef Helton Costa prepara pratos com foco na culinária da região italiana, misturando ingredientes daqui. Mas, não pense que apenas massas são servidas, apesar de serem preparadas artesanalmente na cozinha e serem o carro-chefe, opções de carnes, frutos do mar e risotos compõem o selecionado cardápio.

A adega e carta de vinhos são uma atração. A casa exibe mais de 180 rótulos de vinhos de todo mundo e valorização dos vinhos de Santa Catarina, produzidos na serra catarinense e muito bem apreciados pelos admiradores. Na carta encontramos ainda opções de vinhos orgânicos e biodinâmicos. Como existem regras específicas para harmonizar pratos e vinhos, o sócio-proprietário e sommelier Alberto Wirth dará boas dicas para uma harmonização ideal. 

Os espaços recebem nomes com a temática que gira em torno de todo o restaurante: vinho! Dois salões internos, sendo o térreo (chamado de cabernet) um espaço que abriga 65 pessoas e o primeiro piso (galeria chardonnay) 105 lugares. Na área externa há o deck coberto (solar do espumante) que acomoda 200 lugares e ainda espaço para montagem de tendas com capacidade de 300 pessoas. O restaurante aceita reservas e é um belo lugar para eventos.

A Cantina respira e inspira arte. Além da gastronomia, a casa é decorada com obras de arte de artistas locais, que são expostas dentro e fora do salão.

Apesar de ter aberto suas portas há pouco tempo, em abril de 2011, a Cantina Sangiovese já recebeu três prêmios importantes da avaliação Veja Comer & Beber Santa Catarina 2011: Melhor carta de vinhos, melhor chef (Helton Costa) e restaurante revelação do Estado.




Todos os pratos servem duas pessoas e, se porção individual, será cobrado 60% do valor do prato. Para nos receber, Helton preparou um menu degustação para conseguirmos provar dos muitos sabores de sua cozinha. Foram 2 entradas, 4 pratos principais e uma sobremesa, harmonizados com 4 bebidas, para cada um.

Começamos nos refrescando com um espumante Casa Valduga, super leve, para ser degustado juntamente com a Caponata italiana (R$17) acompanhada de fatias de pão. A caponata pode ser saboreada como entrada ou também um atepasto único para combinar com um vinho.

Seguimos com bruschetta primavera (R$13 reais - 4 unidades), preparadas com tomate sem pele, manjericão e mussarela de búfala, combinação certeira.




Juntamente com um Sauvignon Branco Quinta da Neve (2010), produzidos com uvas de São Joaquim, recebemos nosso primeiro prato principal: Garoupa com ragu de camarões, tomate fresco, batatas ao murro e azeite de alho (R$94). O peixe nobre e carnudo estava no ponto exato, exalando aromas de fazer qualquer mortal flutuar. Um prato leve, perfeito para almoços de final de semana.

Continuamos com frutos do mar. O segundo prato foi meu favorito da noite: Polvo grelhado com refogado do pescador e mini batata (R$130), extremamente delicioso! O polvo é cozinho em vinho tinto e depois grelhado e salteado no azeite de oliva, com alho confitado a 60ºC no azeite, com batatas assadas, tomate concassé e brócolis. Cheguei a comentar com o chef que o polvo é sempre "8 ou 80", ou está bom ou ruim, não existe meio termo. Se passado 1 minutinho sequer do seu cozimento, há o risco de sua carne ficar dura ou até borrachuda. O polvo experimentado estava com certa crocância por fora e muito macio por dentro, com tempero suave e delicioso. Difícil descrever. Só provando...





Os pratos foram ficando mais pesados e chegou a vez do Spaghetti de funghi acompanhado de filé mignon recheado com tomate seco e gorgonzola (R$87), que, se olhado o cardápio, seria a minha escolha devido a descrição. Carne ao ponto, macia e suculenta. Massa al dente e tempero na medida. O recheio de queijo estava no tamanho ideal, já que o gorgonzola é marcante, podendo tornar qualquer prato enjoativo. Para harmonizar, um Merlot chileno Caliterra (2010).

Por fim, o favorito do Claudio, Fettuccine de manjericão com paleta de cordeiro (R$86). Massa al dente novamente, e cordeiro se desmanchando.

Nossa noite se completou ao nos deliciarmos com a sobremesa que morri de amores, a sopa de morango com sorvete de baunilha, acompanhada do vinho de sobremesa italiano L'armida Vendemmia Tardia (2005), produzido pela Cardeto, da comunidade de Orvieto, Úmbria.




Depois do jantar descobrimos o motivo de tantos prêmios precoces.

Essas e outras delícias podem ser saboreadas todos os dias da semana, exceto segundas-feiras. Além disso, todo dia 29 do mês ocorre na Cantina Sangiovese o Gnocchi da Fortuna. O chef Helton Costa prepara diferentes tipos de massas de gnocchi e molhos, e, como a tradição manda colocar dinheiro embaixo do prato, a casa garante a cada cliente uma nota de um dólar para que a simpatia seja cumprida a rigor. Uma oportunidade para quem faz questão do ritual, comer bem e pagar preço justo (38 reais). Há também mimos para os aniversariantes: sobremesa e taça de espumante por conta da casa.


Endereço: Rua Padre Lourenço Rodrigues de Andrade, 496 - Santo Antônio de Lisboa. Florianópolis/SC
Telefone: (48)3371-1200
Horário de funcionamento: Terça a sexta das 19:00h às 24:30h. Sábado:  12:00h - 16:30h / 19:00 - 24:30h. Domingo: 12:00 - 16:30h.
Estacionamento: Sim
Aceita cartão: Sim

14 comentários:

  1. O Spaghetti de funghi não é spaghetti ne??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Extremamente delicioso! Ficou em segundo lugar entre meus favoritos. Hum...

      Excluir
    2. Parece estar maravilhoso mesmo!
      O que questionei foi o fato de o macarrão não ser spaghetti e sim fettuccine ou tagliarini, aparentemente.
      =)

      Excluir
    3. Ahhh, sim!! Desculpe,rs. Concordo com você!

      Excluir
    4. Pretendo conhecer, parece valer a pena!

      Excluir
    5. Sim, vale a pena! Voltaremos em breve.

      Excluir
  2. uau! que lugar encantador! lindo! a decoração atrai tb! que banquete vcs desfrutaram, hein?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece uma vila, não é mesmo? Verdade. Provamos algumas das delícias que constam no cardápio.

      Excluir
  3. Pri... salivei com as fotos. Adorei o restaurante... já ouvi falar muito bem! Pretendo em breve conhecer!


    Beijos

    Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também só ouvia comentários positivos. Agora sou eu quem os faço. Vale a pena!

      Excluir
  4. Acabei de voltar da minha primeira caminhada do ano e vim ver os posts do SF. Isso não faz nada bem hahaha. Quase morri com estes pratos delícia! Quero conhecer djá! Thanks pelas dicas sempre!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caminhadinha é para os fracos!! Hahha. Ai, tenho que dar um jeito de ser mais saudável também. A Cantina Sangiovese é maravilhosa! Queremos voltar em breve e provar outras coisas do cardápio.

      Beijão

      Excluir
  5. Site fabuloso... Leitura obrigatória para quem, como eu, está chegando em Florianópolis!

    Como rápido comentário, na passagem "A Cantina Sangiovese busca ser um pedacinho da sua cidade inspiradora, Toscana", vale lembrar que Toscana não é uma cidade, e sim uma região.

    Parabéns para cada atualização!

    A. Fuzil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Já atualizei o post. Volte-sempre, hein?
      Bjs

      Excluir