sexta-feira, 22 de junho de 2012

Creperia De Grau Em Grau - A nova creperia antiga

A antiga Degrau, localizada na rua do Confraria Club, estrada que leva ao Canto dos Araçás, reabriu suas portas. A creperia que era comandada por Mário Gustavo ficou um tempo fechada após o falecimento do antigo proprietário. Para o nosso bem, o casarão de pedra com uma calçada do mesmo material (saiba mais), do século XVIII tombado pelo patrimônio histórico, hoje ministrado por Paulo Rosatto está de portas abertas.

Para esse novo começo, algumas mudanças ocorreram. Para começar, o nome; De Grau em Grau - Uma diferença sutil, mas muito importante, pois a antiga Degrau era bem quista por muitos e se remeter à ela é um início para dar certo.

Paulo Rosatto, ex-proprietário do Fatto A Mano, aumentou o cardápio.  A casa que antigamente só trabalhava com seu carro-chefe, hoje apresenta poucas opções distintas, como saladas, bruschettas, duas opções de massas, sobremesas, além de novos sabores aos crepes.

Era uma quinta-feira fria do mês de maio e saimos de casa com o intuito de ir à De grau, pois depois de algumas tentativas frustradas e não ter conseguido, li o post do Café das Quatro sobre a creperia. Estacionamos o carro em uma das vagas disponíveis logo em frente e entramos no recinto. A decoração rústica me pareceu a mesma e iluminação baixa e velas nas mesas. Existem três ambientes para curtir a noite: em frente ao balcão, em uma salinha pequena ou no deck. Queríamos ir ao deck, mas infelizmente nesse dia estava fechado. Escolhemos uma das mesinhas da entrada e logo quisemos saber do cardápio.






Como eu estava com uma gripe insuportável, passei a noite na água mineral. Eu tinha certeza que o Claudio iria em algo leve, já que ele também não estava dos melhores. Total equívoco, porque ele quis saber com que cerveja a casa trabalhava e pediu uma.

Ele pediu o favorito, crepe de siri (carne de siri desfiada, refogada no alho, cebola e salsa - R$25,00) e eu fui no de carne assada (carne assada de panela no vinho com cebola e ervas - R$22)É possível adicionar ingredientes a todos os crepes, como requeijão, tomate seco, queijo de búfala etc. A atendente sugeriu que eu adicionasse catupiry para ficar mais molhadinho. Sugestão aceita.

Os crepes são grandes, individuais e chegam à mesa fechadinhos, como um pacote. O meu veio bem gordão, muito mais recheado que o de siri. Fiquei contente depois da primeira garfada, pois vi que acertei! Muito, muito bom. O de siri, que já era conhecido, excelente. Claudio acabou de comer quando eu ainda estava na metade. Falei para pedirmos um doce de sobremesa, mas como ambos preferimos salgado à doce, o pedido foi um salgado como sobremesa, rs.

O escolhido para finaleira foi o Napolitana (presunto, mussarela, tomate e orégano - R$16). O crepe veio com bastante recheio, haja queijo! De qualquer forma, o de carne assada foi eleito o melhor da noite.

Ficamos muito tempo por lá jogando conversa fora e aproveitando o momento. É um bom lugar para os dias frios que estão fazendo em Floripa.

No hora de pagar, mencionei minhas amigas do Café, que foram lembradas pelo proprietário. Pagamos 80 e poucos reais e fomos embora. Quando cheguei em casa me deparei com um comentário querido do De Grau em Grau no Facebook do Saboreando Floripa (já curtiu?).

Ambiente: ♥♥♥♥
Atendimento: ♥♥♥♥♥
Preço: $$$
Sabor: ♥♥♥♥♥


Endereço: Rua João Pacheco Costa, 595 - Lagoa da Conceição. Florianópolis/SC.
Telefone: 3232 3272
Horário de funcionamento: Quinta a domingo a partir das 19h.
Estacionamento: Sim
Aceita cartão: Sim

4 comentários:

  1. Adorei a novidade! Há tempos que eu e meu noivo estávamos tristes por termos perdido o nosso "ponto romântico" - essa creperia foi o marco inicial do nosso namoro :) Valeu a excelente dica, da reabertura do aconchegante local!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi!!
      Que legal! Agora vocês têm que ir lá celebrar o inicio desse amor. Por nada. É uma delícia mesmo.
      Beijão

      Excluir
  2. Lara de Bruchard Costa22 de junho de 2012 22:22

    Parece bom, =)
    Hum... eu conheço uma creperia ali no Córrego. É na frente da videoteca, na Joe Collaço mesmo...
    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Uma delícia! Essa que tu falaste é a Ruscello! Bem boa também.
    Bjbjbj

    ResponderExcluir