segunda-feira, 10 de março de 2014

O padrão da Macarronada Italiana

Vamos falar de clássicos. São poucos os restaurantes que sobrevivem anos e anos mantendo padrão em qualidade e agregando clientela. Certamente é o caso da Macarronada Italiana, nome familiar para todos os florianopolitanos.

Qual o segredo?

Antes de tudo, ótima localização. A Macarronada Italiana está situada no coração de Floripa, exatamente de frente para a Avenida Beira Mar Norte por onde passam milhares de carros, pedestres e ciclistas por dias. Outro ponto forte é que é um restaurante com cara de restaurante - e um dos primeiros - que se destaca dos buffets conhecidos na região.

Atendimento primoroso. Em tantas vezes em que estive por lá, nunca houve uma falha sequer no atendimento recebido pelos funcionários da Macarronada (a lembrar do Andrade). Garçons atentos, educados e bem treinados, tudo o que esperamos de um bom atendimento quando vamos a um restaurante.

E, claro, o cardápio não fica por menos. As massas da Macarronada são deliciosas até mesmo puras! Além das massas, na minha opinião, oferecem uma das melhores polentinhas fritas que existem, sou louca por elas.

Meu último contato com a Macarronada foi em casa, pelo tele-entrega que sempre nos salva, mas em nossa última visita trouxe comigo também ótimas lembranças.

Claudio e eu aproveitamos o dia nublado de domingo para termos um almoço delicioso na Macarronada Italiana, sempre uma boa escolha de restaurante italiano em Floripa. Começamos com o Grandi Vini 2008 ótimo custo-benefício (R$39), elaborado com 70% Nero di Troia e 30% Aglianco. Um vinho tinto italiano da região de Puglia que nos alegrou durante todo o almoço. Como entrada, não poderia ser diferente, as tão faladas polentinhas (R$16).




Que combinação! Poderia parar por aí, comendo polentas fritas e bebendo vinho que estaria plenamente feliz. Cubro as polentinhas com queijo ralado (o da Macarronada é o melhor que há) e não me canso. O problema é que é massa, né? Como a porção é grande para dois, tenho que me policiar para parar e lembrar que ainda vem o prato principal.

Fizemos o acordo de que o namorado abriria mão da lasanha verde e que eu deixaria de lado o Filet mignon grelhado com funghi secchi alla panna, xodós de cada um. Fui direto na parte de carnes, pois adoro massa com carnes, mas deixei no ar a possibilidade de conhecermos alguma massa com frutos do mar que foi exatamente o que Claudio escolheu. O eleito da vez foi o Tagliarini al Cartoccio con gamnberetti (R$98), com camarões, funghi freschi, alcaparras e azeitonas pretas, sugestão do garçom que nos atendeu.

O prato é levado ao forno embrulhado em um papilote que armazena o aroma e sabor de cada ingrediente. Quando aberto exalou um cheiro incrível pelo ar que me fez esquecer por completo que havia comido as polentinhas como se não houvesse amanhã.





Delicioso. Vários sabores marcantes reunidos em uma massa que resultou em delicadeza. Foi garfada atrás de garfada elogiando a escolha de Claudio. Tinha tanto camarão que sobrou mais que a massa. Achamos que esse prato é servido em tamanho adequado para duas pessoas comerem bem. Provavelmente se não tivéssemos pedido entrada, não teria sobrado nadinha de nada.

A fome era zero, juro. Claudio foi contra eu pedir sobremesa, pois estávamos mesmo satisfeitos, porém eu quis aproveitar a ida ao restaurante para provar o petit gateau de limão siciliano que o amigo Daniel havia indicado e como eu tive uma experiência memorável com um petit gateau de limão siciliano no restaurante Zucco, em São Paulo, não quis deixar passar.

O Petit gateau di limone siciliano (R$15,90) da Macarronada tem o sabor bem distinto do que comi no Zucco, pois a massa do bolinho é feita com farinha de amêndoas, manteiga noisette, sendo mais durinha e crocante. O recheio é uma perdição de chocolate branco com limão siciliano e limoncello. Dei um upgrade de calda de chocolate e fui feliz na sobremesa que, como eu esperava, o namorado dividiu comigo.





Enfim, um almoço de domingo completo e primoroso que com duas águas e mais o serviço, custou-nos R$192,40.



Ambiente: ♥♥♥♥♥
Atendimento: ♥♥♥♥♥
Preço: $$$$
Sabor: ♥♥♥♥♥


Endereço: Av. Rubens de Arruda Ramos, 2458 - Centro. Florianópolis/SC.
Telefone: (48) 3028-2666 / Delivery: 3223-2666
Horário de funcionamento: 11h/24:30h (Sextas e sábados até às 01h.)
Aceita cartão: Sim
Estacionamento: Sim

6 comentários:

  1. Também adoro a Macarronada Italiana e bato ponto lá! Ótimo post! :)))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoramos. Costumamos pedir em casa. :)

      Excluir
  2. Adorei as indicações de pratos diferentes (principal e sobremesa)! Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Pri querida!

    Quanto tempo!

    Só fui ver agora que você me citou no post!
    Juro que acompanho teu blog, mas com um certo atraso hehe

    Eu não tenho parâmetro para comparar o da Macarronada com outro petit de limão siciliano, mas, como já tinha te dito, gostei muito do deles, achei na medida certa!

    Obs: Aproveitando, como tava a torta? Sua mãe que veio pegar, né?

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Dani

      Pois, é, muito tempo mesmo. Vamos marcar alguma coisa.

      Adoro a Macarronada! Segui tua dica do petit e me dei bem, muito bom!

      Sim, aproveitamos muito. Foi aprovada! Minha sogra também encomendou para o Carnaval uma Quatro Leites que foi sucesso, hahah.

      Beijoca

      Excluir