sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Noite salgada no Divino GastroClub

No meu aniversário, em agosto, fomos conhecer o Divino Gastroclub, localizado no Centrinho de São José onde funcionava antigamente o Cine York, bem em frente das antigas instalações do Joy Joy Bistrot e Café da Corte.


Divulgação


A entrada no Divino não é muito convencional. É preciso parar em um balcão e realizar um cadastro para receber um cartão de consumo. Pode soar estranho caso você esteja pensando que o local é um restaurante. Na verdade, ele é. Mas, não é só isso. Como o próprio nome sugere, o Divino Gastroclub é uma mistura de gastronomia com vida noturna. São duas propostas distintas: área para jantar e área para shows, o que achei ótimo. No piso superior, onde ocorre a badalação, existem duas áreas também interessantes, um lounge para tomar drink ouvindo o som mais de longe, e também um mezanino grande. Interessante pontuar que todas as áreas possuem bares próprios. Fizemos um tour pelo estabelecimento  fiquei boquiaberta.

Apesar de se tratar de uma comemoração, nosso destino era mesmo jantar, então nos acomodamos no primeiro piso.



A iluminação não pode ser considerada baixa, mas considerei ser a ideal para um jantar mais próximo, mas possibilitando que o cliente consiga enxergar o que está em seu prato. Para abrir o apetite, escolhemos erroneamente um vinho branco La Linda Chardonnay. Ai, que raiva! Tudo bem que na descrição mencionava aroma de lavanda, mas, sinceramente, parecia que estávamos bebendo um vidro de perfume enjoativo. Nunca mais pediremos esse vinho. Para eliminar o gosto perfumado do vinho, bruschettas de queijo com molho pesto, que estariam mais interessantes caso o pão não estivesse molenga.




O cardápio do restaurante só apresentava opções bacanas, como robalo em crosta de ervas com risotto milanês, magret de pato, ossobuco de cordeiro e assim vai.

O namorado não conseguiu variar muito e fixou seu olhar nos pratos de cordeiro e acabou escolhendo um Carré em crosta de pistache com risotto de hortelã (R$53).




Bela apresentação!

Com tais combinações, tinha de tudo para ser um prato perfeito. Apresentarei meu prato e depois comentarei sobre os dois.




Eu pedi um Filé mignon ao molho madeira com risotto de shimeji e queijo brie empanado (R$51,50) com bonita apresentação também. O sabor de ambos os pratos, entretanto, foi um enigma. Lá na cozinha erraram feio a mão no sal! Pode isso? Absolutamente todos os componentes dos dois pratos estavam extremamente salgados, sendo que a crosta do carré que tinha tudo para ser divina, foi retirada de vários pedaços, caso contrário deixaria a carne intragável. Meu risotto de shimeji foi o que menos se pronunciou, ainda bem, por isso consegui comer metade do meu prato, mas, do risotto de hortelã, infelizmente, não posso dizer o mesmo. Sério, fiquei chateada, pois para mim já bastava ter escolhido mal o vinho, mas, poxa vida, jantar água do mar? Nós não merecíamos isso.

Acredito piamente que se os cozinheiros não tivessem cometido esse grave erro em salgar demasiadamente tudo, os temperos e a combinação de sabores estaria muito boa. Por que, né? Onde mais a gente pode encontrar uma fatia generosa de queijo brie empanado como coadjuvante (para mim foi protagonista) em um prato?






Fomos tansos na ocasião e só reclamamos na hora de pagar a conta, também salgada, de R$221,50. Tansos, tansos, tansos! Fiquei imaginando depois: Cena 1: A reclamação; Cena 2: O prato certo; Cena 3: Elogio de um casal em comemoração; Cena 4: Postagem no Saboreando, "Experiência gastronômica memorável  no Divino Gastroclub". Só que não.

Marco aqui meu compromisso de retornar ao Divino e em breve, pois, estou cheia de vontade de conhecer os outros pratos da casa e vou levar essa experiência como uma má sorte mesmo, porque, como mencionei acima, tinha de tudo para dar certo.


Ambiente: ♥♥♥♥♥
Atendimento: ♥♥♥♥
Preço: $$$$$
Sabor: ♥♥♥

Divino Gastro Club
Endereço: Rua Gaspar Neves, 3150 - Centro Histórico de São José. São José/SC.
Telefone: (48) 3249-9000
Horário de funcionamento: De segunda a sábado das 11h até o último cliente.
Aceita cartão: Sim
Estacionamento: Não

24 comentários:

  1. Sério, Pri? Que situação! Acredito, como vc falou, que ainda assim merece uma segunda chance. Como blogueiras e pessoas que cuidam para não cometer injustiça sabemos que esse tipo de coisa acontece e que às vezes não é prache do local cometer esses erros. Estou querendo ir conhecer e vou ficar atenta a isso. Agora vinho com cheiro de lavanda? Ngm merece! hehehe;

    ResponderExcluir
  2. Sério, Pri? Que situação! Acredito, como vc falou, que ainda assim merece uma segunda chance. Como blogueiras e pessoas que cuidam para não cometer injustiça sabemos que esse tipo de coisa acontece e que às vezes não é prache do local cometer esses erros. Estou querendo ir conhecer e vou ficar atenta a isso. Agora vinho com cheiro de lavanda? Ngm merece! hehehe;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhum, foi decepcionante. Mas, com certeza iremos voltar! Não deu para entender a quantidade de sal, sério mesmo, um absurdo de salgada a comida. Porém, o atendimento foi bom, o espaço é lindo e o cardápio com chamadas de pratos interessantes. Quem sabe foi azar mesmo...
      Beijoca

      Excluir
  3. Gostei muito do cardapio, ambiente e apresentaçao dos pratos, mas realmente estava bem salgado. Isso que gosto de sal... Cláudio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum, que visita ilustre!
      E o vinho péssimo, né?
      Bj

      Excluir
  4. Que decepção, eu gosto tanto desse vinho! haha Juro, que fiquei morrendo de vontade de conhecer o restaurante logo que vi as fotos, mas em seguida li o post todo, fiquei intrigada se vale a pena me deslocar até lá! Os pratos tem uma cara ótima e abriu meu apetite.... acho que vou esperar pela tua próxima experiência por lá! Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro outros vinhos Finca La Linda, mas, esse nunca mais! Odiamos.
      My, que nada! Vai lá e depois conta aqui como foi tua experiência. Creio que o exagero no sal não deva ser algo recorrente.
      Beijoca

      Excluir
  5. Estou louca para conhecer, mas vou lembrar disso na hora de fazer o pedido ;)
    Beijo, Prii!

    ResponderExcluir
  6. Pri... ainda bem que tu te chamou de tansa no final do post... porque eu fui lendo, lendo e pensando: "por que a Dona Pri não voltou os pratos e ganhou novos"? hahaha

    Ainda mais que era teu niver!!!

    O local parece ser uma boa opção de lazer... pertinho de casa... quero conferir!!

    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não quisemos nos incomodar, acho que foi por isso. Mas, não devia ter deixado passar, né? Tenho que deixar de ser chucra, rs.

      Excluir
  7. Oi Priscila não fostes a única a ter uma decepção no dia do aniversário neste mês de agosto. Fui com o marido comemorar a minha data na tão recomendada Cantina Sangiovese principalmente pela qualidade de seu chef. O ambiente é bonito e o atendimento foi muito bom mas que decepção. A comida estava HORRÍVEL. Assim mesmo com letras maiúsculas. Pedimos um prato de garoupa com ragu de camarão. O peixe estava duro e escuro. O camarão era mínimo parecendo aqueles pré cozidos e o prato não tinha sabor de nada. Como vocês tbém só reclamamos na saída . A diferença é que não voltaremos mais , um restaurante com a pretensão deles não pode errar desta maneira. Adoro o seu blog e acompanho diariamente. Patrícia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que chato, Patrícia. Eu comi o mesmo prato de garoupa na Sangiovese com meu namorado e, nossa, amamos! Estava espetacular, bem alto. Chegaram e falar com o chef?

      Bjs

      Excluir
    2. Não chegamos a falar com ele. Tiramos foi fotos do prato ( seguir blog ajuda a aprender muita coisa ) e meu marido ficou de voltar lá e conversar . . Bjs. Patrícia.

      Excluir
  8. Oi Priscila, acompanho o blog diariamente e sou tão viciada que as vezes entro mais de uma vez ao dia para conferir se tem alguma novidade (compulsiva maluca hahaha)! Sempre fico escondida, mas como vi que mais ninguém foi ao restaurante para dar uma segunda opinião, resolvi aparecer.
    Foi meu namorado que me apresentou o restaurante. Ele passa na frente quase todos os dias e depois de pouco tempo de inaugurado, me levou até lá.
    Nossa experiência foi ótima, pedimos risoto e fomos muito felizes na escolha, pois estava muito saboroso e com sal na medida. O ambiente é lindo e o atendimento é muito bom.
    O único ponto negativo foi o erro cometido pelo garçom, pedimos um vinho e acabamos bebendo outro sem perceber. O que ele serviu era mais caro e mesmo sabendo que o erro foi dele, fez com que pagássemos a mais. Como haviam inaugurado há pouco tempo, achei o erro perdoável.
    Ah! Não sei em que mesa vocês sentaram, mas ficamos em uma mesa para dois perto do bar ontem haviam várias outras, mas achei MUITO próximas umas das outras! Tanto que parecia que estávamos com o casal ao lado. Ouvíamos todas as conversas deles e eles a nossa, isso foi muito desconfortável. Enfim, meu comentário enorme foi para dizer que acho que vale a pena uma nova tentativa, ao menos eu farei (com olhos atentos ao vinho). Beijos e mais sorte na próxima vez :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Giulia
      Tudo bem?

      Obrigada por nos acompanhar, seja sempre bem vinda! Isso foi uma dica para eu atualizar mais vezes, é? Hahaha. Quem sabe em breve eu consiga fazer isso!

      Tens nada que ficar escondida, viu? É sempre bom saber o que os leitores pensam a respeito do que escrevo aqui. Se não me falarem, não saberei.

      Realmente, o erro, apesar de ser algo negativo, não foi tão grave assim. Serviu para vocês ficarem mais atentos ao que é servido, né? Isso serve para mim também, que sou um pouco desatenta.

      Não nos sentamos no bar, não. Ficamos em uma mesa com sofá estofada ao lado dos janelões de vidro, achei mais reservado. Estava bem cheio nessa noite?

      Beijinhos!

      Excluir
  9. Putz, rsrs!
    Comida com menos sal, até vai, porque dá pra botar sal... mas comida com muito sal, meio que já era =/
    Bom, vale a pena tentar outras experiências, né? Ainda mais se o lugar tem tudo pra ser bem bom!!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Me incomoda quando vem sem sal, mas, pouco. Pelo menos dá para acertar ao seu gosto e também é melhor para a saúde, né? Assim, do jeito que foi servido, ficou bem difícil. Mas, é isso mesmo, nós voltaremos lá, porque pode ter sido só uma falta de sorte.

      Beijinhos

      Excluir
  10. Olá Priscila! Fui ao Divino na inauguração para jornalistas e fiquei BA-BANDO com a decoração... simplesmente maravilhosa... acho que pelo local, que não conheço igual em Floripa, vale a visita... fiquei um pouco decepcionada com a quantidade de sal dos pratos, mas pela combinação de ingredientes (adorei) e variedade no cardápio vou dar uma chance e experimentar!!
    Abs, Manu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Manu
      Como mencionei, o local é lindo, fiquei boquiaberta. Não economizaram, hein? hehe.
      Também ficamos, mas, voltaremos para tentar de novo.
      Bjs!

      Excluir
  11. Olá?
    É a primeira vez que eu comento aqui.
    Tudo bem, contigo?
    Eu também leio o Garfadas, Menu Floripa, Gastronomia e Outras Folias, Comideria, Concierge Floripa, Sabores com Fama, Visite Floripa, e o Floripa na Mesa (que não é mais atualizado).
    O Saboreando Floripa é o mais interessante, e o mais versátil.
    Parabéns!!!
    Então.
    O Comideira já tinha falado do Divino, e também falou MAL.
    Aqui: http://comideria.com/divino-gastro-club-diversao-e-gastronomia-num-so-lugar/
    Pelo jeito, o chef ou os cozinheiros do Divino estão brincando na cozinha.
    Caro, é quando você paga muito dinheiro e não fica satisfeito.
    Tipo, os chocolates Kopenhagen, que pra mim são um porcaria açucarada.
    Se for pra pagar 4 vezes mais, a qualidade do produto tem que ser 4 vezes melhor que os populares.
    Mas ainda, sim, só pela novidade. Ainda tenho curiosidade de pagar para experimentar a comidinha salgada e borrachuda do Divino.
    Pelo jeito, divino só o ambiente e o nome dos pratos.
    Um abraço.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rhairis
      Não tinha lido teu comentário ainda.
      Retornamos ao Divino ontem à noite. Novamente os pratos estavam salgados, não tanto quanto dessa vez, mas salgados.

      Excluir
  12. Agora vamo e viemo vinho chardonnay com Carre de cordero e mignon molho madeira não harmoniza nunca te que melhorar sua etiqueta ou aprender mais sobre gastronomia .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alex
      Talvez você precise aprender mais sobre gastronomia.
      Sabemos muito bem que um tinto prepara as papilas para sabores densos como o de carne vermelha e molho madeira. Assim como um linguado grelhado cai bem com um Chardonnay e batata frita com cerveja. Porém, para conhecer sobre "gastronomia" não é preciso limitar-se a combinações pré-estabelecidas/fixas. Caso pedíssimos uma cerveja weiss você iria questionar também? Rs. Cada um bebe e comer o que quer, onde quer, como quer. Imagino o susto que levará quando souber que adoro comer pizza com as mãos acompanhada de um bom copo d'água.

      Excluir