segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Gnocchi da Fortuna no Café Olé & Bistrô

Já contei para vocês sobre a tradição do gnocchi nos dias 29 de cada mês (leia). Eu que amo esse tipo de massa, não espero até a data para comê-lo e não necessariamente executo a simpatia sempre, mas, no dia 29 de agosto aproveitei que o recém-visitado Café Olé faria uma noite de gnocchi da forturna e fui conferir de perto.

Eu e minha amiga Isadora fomos recebidas na porta e encaminhadas até a mesa reservada. Durante toda noite, apenas nós duas compusemos a clientela da casa juntamente com outras duas mesas.

O andar do bistrô é amplo, com predominância da cor branca em mesas, cadeiras e sofás. Iluminação baixa comandada pelos lustres no teto deixou o ambiente charmoso. Quem sobe nesse andar, certamente tem sua atenção voltada ao bar luminoso e lindo, com garrafas expostas em uma parede.

Além das mesas do ambiente interno, uma pequena sacada será um convite para apreciar uma bebida gelada em dias de verão.




Chovia muito e fazia frio, ideal para um vinho tinto. Nossa primeira escolha estava em falta e optamos por um Terranoble Reserva Carmenère (2010) [R$55], já experimentado no italiano Il Caravaggio. Pedimos duas águas para acompanhar... surpresa: cada garrafinha de 200ml custou R$5,50.

Vasculhei o cardápio para ver o que o Café Olé tinha para oferecer no jantar e me deparei com poucas opções, mas todas as descrições dos pratos eram atraentes, mas, para essa noite, já tínhamos decidido o que queríamos. O chef preparou dois tipos de massa de gnocchi e dois tipos de molho para o cliente escolher: massa de batata baroa, ou massa de batata inglesa com espinafre, molho de ragú de carne ou manteiga de sálvia. Nós duas escolhemos a baroa com ragú. Cada prato custou R$20 na noite do dia 29.




O vinho estava uma delícia, assim como os nossos pedidos. A massa veio em um prato fundo, acompanhada de pães e queijo ralado.

Como manda a simpatia, deve-se colocar uma nota de um dólar sob o prato e comer os 7 primeiros gnocchis em pé. Agora vem a parte cômica, fomos todas pomposas para uma noite de gnocchi da fortuna e esquecemos desse detalhe... O que fazer? Adaptar!

Isa tirou da carteira uma nota de 10 reais.



Eu, filha da modernidade, estava carente de dinheiro em espécie, mas não queria ficar de fora. Cartão de crédito vale?




Feita a simpatia, hora de comer. O gnocchi estava macio, molhadinho e a carne também. Gostei muito, mas não fiquei satisfeita. Pedi para o garçom o cardápio de sobremesas e aqui uma frustração: nada de chocolate! Nenhuma sobremesa do cardápio levava o queridinho das mulheres, dá para acreditar? Comentei com o atendente e deixei minha reclamação, mas ele logo me informou que o cardápio ainda estava em fase de elaboração. Ufa!

Ele nos sugeriu que descêssemos até o andar do café, pois algum doce da vitrine poderia nos agradar. A vontade de levantar era nula, então permanecemos ali batendo papo e bebendo vinho. Quando menos esperávamos, o atendente apareceu em nossa mesa com uma bandeja com vários docinhos do andar de baixo. Que coisa mais querida! Parabéns, parabéns. Com atendimento assim dá vontade de voltar.

Quando ele mencionou de uma tortelete de amendoim com doce de leite caseiro (R$6), me interessei, mas escolhi mesmo quando ele nos disse que tinha sido elaborada por uma estagiária de gastronomia que trabalhava na casa (Amélie? Audrey? Amábile? Algo semelhante).




Depois de anos fazendo cara feita para o doce de leite, hoje sou uma viciada confessa. Como pude ficar tanto tempo sem gostar dessa maravilha? Hum, delícia.

Éramos as únicas na casa. Hora de dizer adeus a essa noite agradável. Total: R$130 = 65 reais para cada uma.


Ambiente: ♥♥♥♥
Atendimento: ♥♥♥♥♥
Higiene: ♥♥♥♥♥
Preço: $$$
Sabor: ♥♥♥♥


Endereço: Rua Manoel Severino de Oliveira, 644 - Lagoa da Conceição. Florianópolis/SC
Telefone: (48) 4009-3201
Horário de funcionamento: Todos os dias das 8hrs às 24hrs.
Aceita cartão: Sim
Estacionamento: Não

Mais em: Aond Ir.

ATUALIZAÇÃO: O Café Olé fechou em 2013!

10 comentários:

  1. Adoro seu blog, acho dinâmico e com uma leitura agradável, porém como dica de leitora josefense gostaria de indicações e ler sobre restaurantes aqui da cidade. Como dicas: Tataki Sushi, Churrascaria Tropilha, Restaurante Naipy, Tuzzy (estão com café colonial agora), Churrascaria Kretzer, Yukusue sushi, Juca pato pizzaria, são muitos pontos para serem explorados e sair um pouquinho da ilha. Assim divulgado mais o que o continente também tem de melhor, e pros leitores conhecerem um pouco mais de cada lugar. Beijoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Rapha
      Teu comentário foi muito útil, pois pouco conheço São José, mas sei que existem muitas boas opções por lá. Não é falta de vontade, porque gostaria de poder sempre conhecer novos ares, mas é questão geográfica mesmo. É super contramão para mim... Prometo tentar me aventurar mais, ok? Todas as dicas são bem vindas! Adoro o Tropilha, e o "Tataki" foi citado por uma entrevistada. Poderias me dizer exatamente onde fica?
      Bjs

      Excluir
    2. Pri, Tataki fica numa rua paralela a avenida central do kobrasol, numa estaço localizado no Centro Comercial Kobrasol.. entrando na avenida central, tem a SOS Ortopedia, você vai virar nessa rua paralela a SOS, a esqueda. Fica na rua da casa nortura WEST BAR.

      Excluir
    3. Obrigada,Rapha. Eu não conheço a região e sou péssima de geografia.
      Bjs

      Excluir
  2. Cartão de crédito debaixo do prato? hahaha és uma figura!
    Beijo, boa semana!

    ResponderExcluir
  3. uau!! que belo lugar para desfrutar de um bom vinho com gnochi e esta tortinha maravilhosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É aconchegante e com a chuvinha que caia, ficou perfeito.

      Excluir
  4. Excelente o comportamento do atendente de levar os docinhos até vocês!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal! Aprovamos a iniciativa do atendente. Ele está de parabéns.

      Excluir