sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Bistrô Santa Marta: Um jantar com gosto de amor

"-Pri, você já foi no Santa Marta?". Foi ouvindo várias vezes essa pergunta que em uma noite de junho, peguei o telefone e reservei uma mesa para dois no Bistrô Santa Marta.

Localizado no charmoso Canto da Lagoa, o bistrô, instalado em uma antiga casa açoriana levantada a partir de óleo de baleia, esbanja charme por todos os cantos. A começar pela fachada com uma placa discreta, mas com parede em cor chamativa; pelas 5 ou pouco mais mesas que garantem um local intimista, seja pela iluminação quente e tranquila, muito pelo cardápio e mais um tanto de charme pelo atendimento realizado pelos próprios proprietários.

De um desejo não realizado em vida de dona Marta, mãe de Branco, e boas lembranças do belo Farol de Santa Marta, nasceu o Bistrô Santa Marta, fruto do amor do casal Branco e Milena. Amor sentido em todos os cantinhos que até mesmo nem o banheiro escapa.

Quando liguei para reservar a mesa e falei com Milena, ela foi tão gentil pelo telefone que a vontade foi de empurrar meus braços dentre os furinhos do aparelho para poder abraçá-la. Como seria nossa primeira visita à casa, falou que iria reservar uma mesinha especial para nós. Ela não se esqueceu e reservou mesmo a mesa mais bacana do recinto.

Como pede o desenho culinário de um bistrô, a lista de pratos não é muito vasta, podendo, assim, garantir maior qualidade dos produtos e atenção no preparo dos pratos, preparados com cuidado um a um.

A noite estava tão boa que não podia ser iniciada de outra forma a não ser com um brinde. Acatamos a sugestão e optamos um vinho branco bem refrescante Costa do Pacífico (R$50). Depois do tim-tim, pedimos de olhos fechados uma entrada espetacular chamada Jardim de cogumelos, que nos fisgou pela sua descrição: cogumelos frescos salteados na manteiga de ervas, azeitonas pretas em pó e molho a base de shoyu e limão siciliano (R$27).




Minha boca enche de saliva só em lembrar do sabor harmônico dessa entrada. Na verdade, comeria facilmente esse prato como principal, porém, não me contentaria com um só. O farelo de azeitonas pretas brincava em minha língua e davam crocância aos cogumelos macios. Entrada leve e saborosa.

Que cardápio tentador - era só o que vinha em minha mente na hora de escolher os protagonistas da noite. Absolutamente todos os pratos nos deixaram interessados, até mesmo o de rã.

Claudio que quando lê "cordeiro" é como se deletasse absolutamente todas as outras variáveis de seu cérebro, não conseguiu fugir de seu desejo proeminente: Carré da Ilha - carré de cordeiro marinado em vinho branco, acompanhado de purê de mandioquinha, alho confitado e geleia de pimenta (R$55). Lá, no Santa Marta, o cliente é a bola da vez e Branco e Milena fazem questão de que consigamos sentir isso: foi perguntado o ponto da carne (que pouco acontece, se tratando de carré de cordeiro) e levada uma lavanda à mesa, do jeito mais completo possível de se servir esse prato.

Cordeiro não é meu ponto fraco, mas, confesso que estava mesmo uma delícia. O namorado até ficou calado por um tempo e tentava manter o diálogo com "- Hum...", claramente compreendido.




A indecisa aqui, escolheu o carro-chefe da casa, Polvo da Magia. Não sei sobre a maioria dos outros pratos do cardápio, mas, posso dizer que acertei. Maravilhosos tentáculos de polvo salteados com lâminas de alho, ao molho dijon, acompanhado de risotto milanês, tuile de parmesão e uma bela apresentação (R$55).




"- Como estavam os pratos?". Sempre sou sincera quando me fazem essa pergunta, então, Branco teve que escutar. Teve mesmo, não iria deixar passar. Afirmativamente, em coro: - Excelente!

Quando ouvimos a mesa do lado sendo informada sobre o petit gateau produzido ali, acompanhado de sorvete de creme com lascas de amêndoas e geleia de morango (R$15), os olhos cresceram, ainda bem. Uma delícia que só.




Fico realmente feliz em escrever um post sobre uma experiência tão agradável. Indicaria esse menu, exatamente assim, para vocês e desejo que tenham um excelente jantar, assim como o nosso.

Esse jantar delicioso, com mais duas águas custou R$230 para a carteira e um lembrete de volte em breve para o cérebro.


Ambiente: ♥♥♥♥♥
Atendimento: ♥♥♥♥♥
Preço: $$$$$
Sabor: ♥♥♥♥♥

Bistrô Santa Marta
Endereço: Rua Laurindo Januário da Silveira, 1350 - Canto da Lagoa. Florianópolis/SC.
Telefone: (48) 3371-0769 / 9916-0768
Horário de funcionamento: De segunda a sábado das 19:30 às 24h.
Aceita cartão: Sim
Estacionamento: Sim

4 comentários:

  1. Pri, que jantar tentador!! Amei!

    Quero comer esse polvo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito, né? Já quero marcar o próximo. Me interessei por um bacalhau que parece ser divino!

      Excluir
  2. Aii fiquei salivando e imaginando todas estas delícias dentro da minha boca hhehe. Quero conhecer já este bistrô e este polvo, por favor!

    Amanda Sasso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhoso, Amandita. Pode ir sem medo!
      Beijoca

      Excluir