segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Impressões sobre o Nikko Japanese Fusion

O terceiro post do Saboreando Floripa foi sobre uma péssima experiência no Nikko Japanese Fusion, localizado no interior do Floripa Shopping. Passado um ano, e depois de ter adorado o Spettus, decidi que era hora de dar mais uma chance ao restaurante, já que recebi bastantes comentários positivos sobre o local.

Dessa vez, fui com o namorado para essa experiência. 




Como eu já havia mencionado, o ambiente é lindo. Adoro o estilo moderno empregado nos dois restaurantes do grupo. A novidade é que agora o Nikko conta com uma área para dj (coluna alaranjada da foto acima) que embala os clientes em dias específicos.

Assim que chegamos fomos encaminhados até uma mesa para duas pessoas. Esperamos pouco tempo até recebermos o cardápio. A fome não era gritante e para ocasião escolhemos um combo de 50 peças mais duas taças de vinho branco.

Sunomonos com salmão e gergelim nos entreteram enquanto aguardávamos pelos sushis, além do chardonnay Casa Venturini que estava refrescante.




 Depois de 20 minutos, nosso combinado chegou. Estava bonitão!



As fatias de sashimi eram grossas. Chamou-nos a atenção a coloração do peixe branco novamente, mas nos foi informado de que era sempre assim. O arroz dos hossomakis, uramakis e nigirisushis estava adequado, tanto no cozimento quanto na condimentação. Adoramos os djows e hots, além de dois deliciosos nigiris de salmão aquecido no maçarico e pedacinhos de harumaki (rolinho primavera). O combinado era exatamente na medida de nossa fome por sushis.



Para continuarmos e nos aventurarmos por entre as sobremesas, Claudio pediu duas taças de vinho e foi informado de que havia apenas vinho nacional. Pedimos tinto, mas estava em falta para taça, tendo apenas o rosè. Ok, topamos. Apesar de eu sempre franzir o rosto para esse tipo de vinho, ultimamente até venho experimentando algumas garrafas interessantes, mas ainda continuo a considerá-lo um vinho indefinido, mas ironicamente, o namorado curte.

Não posso negar, o vinho estava saboroso. Amargo foi saber só depois de consumido, que cada taça de vinho rosè nacional custava 20 e tantos reais. Se soubéssemos, não teríamos perdido tempo com taças e, sim, comprado uma garrafa. Comentamos com o garçom: "Que tacinha cara essa, não?". De qualquer forma, culpa nossa que não perguntamos o preço na hora de pedir...

Sobremesas! Já está comum para nós dois um docinho depois de comer salgado. Não estávamos com fome, mas como não chegamos em um acordo para uma única sobremesa, pedimos duas. Claudio quis o Crepe Suzete: crepe recheado com sorvete de creme, flambado com calda de laranja (R$12,50).




Não era exatamente o que ele esperava. A massa era finíssima e a calda de laranja um pouco doce demais para seu paladar, mas, mesmo assim, comeu tudinho. Eu provei e também achei gostosinho.




Mas o Crepe Suzete do namorado perdeu seu brilho quando chegou o meu Profiteroles lindo de viver. Carolinas recheadas com sorvete de creme, cobertas por calda quente de chocolate e xerém de castanha de cajú (R$16,50). Uau!

Achei o preço das sobremesas excelente, contando com sua qualidade e tamanho. Minha sugestão, pelo menos para o profiteroles, é dividir, pois remei para comer metade.

Resumo da ópera: Desembolsamos R$125,90 pelo jantar. A qualidade da comida estava boa do início ao fim e o atendimento foi bom também, portanto, aqui uma experiência positiva!

Ambiente: ♥♥♥♥♥
Atendimento: ♥♥♥♥
Higiene: ♥♥♥♥♥
Preço: $$$
Sabor: ♥♥♥♥

ATUALIZAÇÃO: Este estabelecimento fechou.

Endereço: SC-401, 3116 - Floripa Shopping, loja 232 - Saco Grande
Telefone: (48) 3338-1858
Horário de funcionamento: De segunda a sábado das 10h às 24h. Domingo das 11h às 24h.
Aceita cartão: Sim
Estacionamento: Shopping

14 comentários:

  1. Qual foi o valor do combinado?
    Parabéns pelo blog!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Patrícia!!
      Se não me engano, 50 reais.

      Excluir
  2. Adoro o nikko!!
    Nas vezes que vou a floripa com mais tempo, gosto de ir.
    Para mim é bem melhor que o nigiri e os restaurantes japones da minha cidade.

    ResponderExcluir
  3. Já fui surpreendido pelo valor de taças no Madero, em Balneário. O garçom veio simpaticamente oferecer taças de espumante. Aceitamos e descobrimos que cada pequena taça custava 25 reais. Garrafa bem lucrativa para eles...

    ResponderExcluir
  4. Esse combinado tá bonito hein??!!!! ótima sugestao de comida japonesa..

    ResponderExcluir
  5. Pri, concordo que vcs deveriam ter perguntado o preço do rosé, mas sinceramente, como foi o garçom que sugeriu acho que ele poderia ter informado o preço, ainda mais que vcs pediram o branco antes e provavelmente pensaram que deveria ser o mesmo valor...
    Saudades!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sim! Imagina, duas taças deram praticamente o valor de todo o nosso combo.
      Saudades também, Tati!!!!
      Feliz ano novo!
      Super beijo

      Excluir
  6. Adoro Nikko, fui 3 vezes ao rodízio que é maravilhoso, mas esse combinado me deu água na boca, linda foto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho que voltar para conferir novamente o rodízio. Dessa vez estava tudo gostoso!

      Excluir
  7. Pois é, fica a lição: da próxima vez, perguntem!
    Isso aconteceu com meu namorado e amigos no Capitão Gourmet. O garçom sugeriu uma cerveja de trigo, bem boa. Fizeram que nem vocês, não perguntaram o preço. Resultado: a garrafa era 20 reais! hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre aprendendo... Vixe, pelo menos a cerveja servia duas pessoas, a taça era individual. Kkk Que nada, sempre é bom perguntar mesmo ou vai do bom senso do garçom informar o preço quando ele se altera, né?
      Bj

      Excluir
  8. Que bom que gostou desta nova experiência! Nós tivemos uma visita muito boa lá, conforme relatada no blog. bj

    ResponderExcluir